Entrevista com Felipe Baraky - 1° lugar geral no PISM - Academia
Academia

Academia » Fique Por Dentro » Notícias » Entrevista com Felipe Baraky - 1° lugar geral no PISM

Notícias

23/02/2015

Entrevista com Felipe Baraky - 1° lugar geral no PISM

Entrevista com Felipe Baraky - 1° lugar geral no PISM

Felipe de Castro Baraky, aluno AC, conquistou a primeira colocação geral do PISM 2014 com 1127,5 pontos dos 1300 gerais. Além disso, Felipe também foi aprovado em 11º lugar no curso de Engenharia Aeronáutica na USP e em 3º lugar no curso de Engenharia Aeroespacial da UFMG. Em entrevista à Assessoria de Comunicação (Ascom) do Colégio, Felipe conta sua experiência e dá dicas para os estudantes que trilham o caminho da aprovação nos vestibulares. 

Ascom: Como foi o processo de escolha dos cursos para os quais você prestou vestibular?

Felipe Baraky: Dois fatores me ajudaram a escolher. Primeiro, entre as Engenharias oferecidas pela UFJF, foram muito importantes as visitas técnicas programadas pelo Colégio em que tive contato com professores e laboratórios da Universidade. Assim, escolhi a Engenharia Mecânica. E, como sempre tive curiosidade de conhecer melhor as áreas de astronomia e aviação, me inscrevi também para as engenharias Aeroespacial e Aeronáutica.

Ascom: Como foi sua rotina de estudo?

Felipe Baraky: Para o Pism e o Enem, eu mantive o meus métodos e ritmos de aprendizagem. Prestei muita atenção nos conteúdos durante as aulas e fiz a maior parte dos exercícios propostos. Usei a meu favor a habilidade que tenho de memorizar coisas e é por isso que o foco em sala de aula foi realmente importante.

Ascom: Que dicas você daria para os atuais vestibulandos?

Felipe Baraky: Mais importante do que aumentar as horas de estudo é manter uma rotina de estudo constante. Com uma programação assim, não é necessário que os momentos com a família e os amigos sejam sacrificados. Na minha programação, os estudos e essa convivência se equilibravam.

Outra dica é conhecer, o quanto antes, o nível de dificuldade da prova na instituição em que se deseja estudar e o modo como os temas são cobrados.

Ascom: Em que medida a Academia contribuiu para essa conquista?

Felipe Baraky: Consegui essas aprovações com horas de estudo de qualidade, mas o mérito não é só meu. O incentivo da minha família e o ensino de qualidade foram essenciais. O Colégio Academia, onde estudei desde o primeiro ano do Ensino Fundamental, proporcionou o que há de melhor em termos de ensino com aulas e material didático de excelente qualidade. Além disso, contribuiu para diminuir o estresse típico dessa etapa, por meio de gestos acolhedores, momentos de espiritualidade e orientação vocacional. A Academia se tornou uma segunda casa para mim.

Heloísa Baraky (mãe do Felipe) complementa: Tendo em vista a realidade do nosso país, em que o professor é tão exigido e, ao mesmo tempo, pouco valorizado, o corpo docente do Colégio Academia tem minha admiração. É um perfil de professor compreensivo e parceiro. Aluno e professor constroem juntos o saber. Nós e a escola incentivamos o Felipe a desenvolver princípios e a fazer o melhor possível em suas atividades, em vez de simplesmente estimular competitividade e exigir resultados. Acredito que esse foi o melhor caminho para o Felipe e todos os educadores da Academia têm minha gratidão.

Entrevista com Felipe Baraky - 1° lugar geral no PISM

Fotos
ascomacademia2017