Alunos Vencedores do Concurso Literário Academia 2017 - Academia
Academia

Academia » Fique Por Dentro » Notícias » Alunos Vencedores do Concurso Literário Academia 2017

Notícias

01/09/2017

Alunos Vencedores do Concurso Literário Academia 2017

Alunos Vencedores do Concurso Literário Academia 2017

 

Prêmios:

1º lugar: um tablet da marca Samsung e certificado de participação.

2º lugar: um leitor de livros digital da marca Kindle e certificado de participação.

3º lugar: uma minicaixa de som bluetooth e certificado de participação.

 

Premiação:

Dia 14 de setembro de 2017, no Teatro Academia, a partir das 17h40.

 

Textos vencedores:

Categoria 1

Desejos 
Elisa Bara Zaghetto Ferreira
 
Quando fecho meus olhos, me imagino aos 32 anos com uma vida um tanto divertida e animada!!! 
Quero estar formada em Artes Cênicas na faculdade do Rio de Janeiro e trabalhando, seja em peças teatrais, novelas, filmes, o que for! Estando ligado à atuação, está bom! Quero já ter passado por diversas aventuras, ido a muitos shows, ter morado ou ainda estar morando com uma das tantas amigas com quem já combinei isso.
Quem sabe estarei solteira? Quem sabe apaixonada ou mesmo casada? Com filhos? O que importa é que quero estar bem, feliz! Não quero ter tudo planejado e detalhado; quero apenas que aconteça.
E desejo muito que meu país esteja em um momento melhor, sem crise econômica e com democracia restabelecida.
Pretendo voltar a Juiz de Fora para ficar com minha família e, com certeza, se tiver filhos, estudarão na Academia. Desejo que ele ou ela passe por cada momento que eu já tiver passado: o primeiro beijo, o primeiro amor, momentos engraçados e tristes com amigos para toda a vida e, o melhor de tudo, interclasse.
Ao abrir novamente meus olhos, vejo que tudo isso pode mudar. Mas, até lá, ainda tem um tempinho, né?!
 
 
Quem serei daqui a 20 anos?
Claire Rodrigues Rossi
 
Quem serei daqui a 20 anos? Em qual profissão estarei? Casada? Com quem? Filhos? São tantas perguntas! Mas nenhuma resposta... Queria saber se eu ainda teria contato com as minhas amigas, se já moraria sozinha. Nossa! Não consigo parar de fazer perguntas!
Alguns dos meus sonhos não serão realizados, outros sim. Eu traçarei meu caminho; terei de fazer escolhas, algumas serão fáceis, outras, difíceis; de certas escolhas me arrependerei; de outras, terei certeza de que acertarei.
No futuro pegarei este relato e lembrarei de tudo que eu achava que seria, qual profissão eu teria, e lembrarei todos os momentos bons que tive quando ainda era adolescente no colégio Academia.
 

Futuro
Cecília Cassab Prieto

Não tem como sabermos quem seremos daqui a 20 anos, já que vivemos em um mundo de tantas mudanças: em 20 anos, tanto pode não acontecer nada, quanto a humanidade acabar.
Perguntas sobre o futuro me ocorrem sempre quando estou à toa, de mente vazia e tranquila. Pergunto-me se o futuro me prevê coisas boas, se serei mãe, como será minha aparência física. Mas o futuro não é algo já definido, pois nós temos o livre-arbítrio de escrever nosso destino.
Nosso futuro é estreitamente ligado a nosso presente, não só ao que fazemos, mas também a nossa vida: se você é feliz, se sente bem com sua família e amigos, tem boas oportunidades, a probabilidade de um bom futuro e maior. Algo que mudou abruptamente o meu foi a mudança de escola. Aqui sou querida, tenho amigos, me soltei mais, coisa que fez o meu futuro melhor.
Mas, acima de tudo, o que eu mais desejo para o meu futuro é ser principalmente feliz, de bem com a vida e com quem estará ao meu redor, nunca perder a essência da felicidade, que é, disparadamente, a coisa mais essencial da vida.
 
 
 
Categoria 2
 
O hoje faz o amanhã
Raquel Breder Moraes de Almeida
 
Um pouco antes da aula de História começar, dois amigos, Daniel e Milena, estavam conversando sobre o tema da produção de texto proposta pela professora de Língua Portuguesa: “Quem serei daqui a 20 anos?”.
- Daniel, você já sabe o que vai querer ser daqui a 20 anos?
- Sim! Daqui a 20 anos, eu me imagino como um líder bom e honesto.
Nesse momento, Daniel lembrou que não fizera o dever que a professora passara no dia anterior.
- Milena! Esqueci de fazer o dever de História!
- E agora?
- Acho que vou inventar para a professora que ontem, quando cheguei em casa, comecei a passar muito mal e só melhorei um pouco antes de vir pra escola...
- Daniel! Você não pode fazer isso! Você acabou de falar que se vê no futuro como um líder honesto!
- E o que isso tem a ver com mentir pra professora?
- Tudo! Quando você achar que muitos líderes de hoje se tornaram mentirosos? Foi quando tinham a nossa idade! As atitudes que tomamos hoje interferem em quem seremos daqui a 20 anos. Se hoje você começar a mentir para os professores, amanhã, quando líder, você será tão desonesto quanto os líderes que hoje vemos ser presos acusados de corrupção!
- Não tinha pensado nisso... Não quero ser como os corruptos de hoje. Vou dizer a verdade para a professora.
- Isso mesmo! As atitudes que tomamos hoje dizem quem seremos amanhã!
 
 
O que serei?
Bárbara Kellen dos Anjos Rodrigues
 
Quem serei daqui a 20 anos? “Arquiteta? Engenheira? Advogada? Médica? Essa dá dinheiro!”, perguntas que todos fazem e eu nunca sei a resposta.
Seis horas. Alarme. Banheiro, maquiagem. Café, leite, pão, fruta. Carro, trânsito, crianças? Filhos? A vida entre quatro paredes, um computador e milhares de papeladas para escrever e resolver.
Outro dia, acorda, trânsito, trabalho, casa, dormir. Felicidade? Decisões a serem tomadas precipitadamente e consequências sendo levadas. A questão é a sua escolha, sua opinião. Alegria é o que conta; dinheiro, consequência do esforço, a vida só tem uma, problema tem solução, mas ela não vai cair na sua mão.
Aproveite, curta, aprenda com os erros, viva a vida! Ela passa rápido!
 
 
De volta para o futuro
Ana Clara Amorim Benfica
 
Podia sentir a água fria envolver todo o meu corpo. O vento era forte, ondas iam e vinham o tempo todo e o gosto de sal estava na minha boca. Eu estava no mar, sob  sol de verão europeu, atravessando a nado o Canal da Mancha.
Sou uma nadadora de travessias em águas abertas. Era um sonho antigo, desde criança eu pensava: “Um dia vou nadar no mar; vou fazer uma travessia marítima!”. Quem poderia imaginar que, 20 anos passados, o meu sonho se tornaria realidade.
Eu estava ali, e a cada braçada, a cada pernada, eu ficava mais longe do passado... Sempre me perguntava: “O que eu serei daqui a 20 anos? Onde estarei morando? O que estarei fazendo?”. Eram algumas das minhas indagações.
Quase uma maratona aquática, entre o mar Atlântico e o mar do Norte, com uma bela paisagem, mas da qual eu não poderia desfrutar por completo, pois estava determinada a completar a travessia. Meus músculos já estavam fatigados, e eu já estava quase chegando à exaustão.
Enfim cheguei! Quanta alegria e satisfação! Eu  já não me continha mais, e as lágrimas rolavam sobre a minha face... O despertador tocou e era hora de acordar!
 
 
Parabéns a todos os alunos que participaram! 

Alunos Vencedores do Concurso Literário Academia 2017

Fotos
ascomacademia2017